Centro Islâmico Cultural do Pará

           

Counter for tumblr      Visitantes

Testemunho que não há divindade além de Deus e Testemunho que o Profeta Muhammad é o seu servo e Mensageiro

  Português           Français             عربي  

Página Inicial

 Videos sobre o Islam

 

nova página 

5 Pilares do Islam

A Crença Muçulmana

Mês Sagrado do Ramadan

Horário das 5 Orações

Islam Contra Terrorismo

Sagrado Quran

Islam e o Mundo

Religião Islâmica

Mesquitas

Notícias

Línks

 

 

 

A Excelência da Recordação

Quran Sagrado (livro)

 

Listen Quran Online

 Compreender o Islam (livro)

 

 

O Versículo do Trono (livro)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Qual, é então o Caminho? (livro)

 

Listen Quran Online

 

 

 

Quran Explorer

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Em nome de Allah, O Clemente, O Misericordioso 

Centro Islâmico Cultural do Pará 

            

   

 

Oração de Sexta-feira - Salat Aljumuaah  - Todas às Sextas -  13h00 - 14h00

Masjid Ar-Rahmaah - Mesquita de Belém do Pará

Rua Ferreira Cantão, Nº 213, Bairro Campina,  CEP: 66017-110 - Belém - PA

Irmão SAID: (55) 91- 983097392 ;  91-980103685

MATRÍCULAS ABERTAS PARA O CURSO DE LÍNGUA ÁRABE

Aula de árabe Nível bÁsico 1 & 2

ISLAMBOY: AS PRIORIDADES DO NOVO CONVERTIDO

UMA LUZ POR TRÁS DO VÉU - EXCLUSIVO PARA NÃO MUÇULMANOS

  • Ó Allah, Tu és o Perdoador! Perdoe os nossos pecados, nossas falhas e nossas fraquezas e a seguir suas ordens da forma que lhe agrade;

  • Ó Allah, Tu és o Misericordioso! Abençoe nossos lares, nossas famílias, parentes e amigos;

  • Ó Allah, Tu és Poderoso! Cure os enfermos, resolva os problemas dos  necessitados e ajude-nos a lhe adorar da forma que lhe agrade;

  • Ó Allah, Tu és o Sábio dos sábios, faça-nos enxergarmos a verdade e segui-la, e faça-nos enxergarmos a mentira e afastá-la de nós;

  • Ó Allah, ampare-nos contra a tristeza, a preocupação, a incapacidade, a preguiça, a covardia, a avareza, o pesadelo das dívidas, a injustiça dos homens e faça-nos sempre satisfeitos;

  • Ó Allah, ilumine nosso coração, a nossa mente e o nosso caminho com sua luz divina, para que não erramos os passos e para seguir o Teu caminho.

  • Ó Allah, abençoe o nosso tempo e nosso sustento, não importando que sejam pouco ou muito, o que importa é que sejam abençoados;

  • Ó Allah, muito obrigado pela receita da paciência, pois apesar de ser amarga, é um santo remédio. Portanto, faça-nos consegui-la, para que as coisas mais difíceis tornem-se mais fáceis.

A Paz e a Misericórdia de Allah estejam com vocês

Assalam Aleikum wa Rahmatuh Allah

Qual é a Verdadeira Religião de Deus?

Cada ser nasce em circunstâncias que, de modo algum,  são de sua escolha. A religião professada pela família, ou respectiva ideologia, são-lhe impostas desde o minuto primeiro da sua existência. Ao atingir a adolescência, é normal a pessoa acreditar plenamente que, as crenças da sociedade em que se encontra inserida, são os verdadeiros credos em que todos deveriam acreditar. Contudo, algumas, ao atingirem a vida adulta e quando expostas a outros sistemas de crenças, começam a questionar a validade daquilo em que acreditam e que lhes foi transmitido. Frequentemente, é imensa a confusão daqueles que buscam a verdade, quando compreendem que todas as religiões, seitas, ideologias e filosofias reivindicam ser o único e verdadeiro caminho a seguir pelo ser humano.

Extraido do Livro: A Verdadeira Religião de Deus -  Dr. Abu Ameenah Bilal Philips - Traduҫão: Abu Ayoub - Revisão: Lic. Muhammad Isa García.

Baixar o Livro "A verdadeira Religião de Deus"

 Lições sobre a Religião Islâmica

 
Sábado 12 Janeiro 2013
Lição 1
Sábado 12 Janeiro 2013
Lição 2
Sábado 19 Janeiro 2013
Lição 3
Sábado 19 Janeiro 2013
Lição 4
Sábado 26 Janeiro 2013
Lição 5
Sábado 26 Janeiro 2013
Lição 6
Sábado 02 Fevereiro 2013
Lição 7
Sábado 02 Fevereiro 2013
Lição 8
Sábado 09 Fevereiro 2013
Lição 9
Sábado 09 Fevereiro 2013
Lição 10
Sábado 16 Fevereiro 2013
Lição 11
Sábado 16 Fevereiro 2013
Lição 12
Sábado 23 Fevereiro 2013
Lição 13
Sábado 23 Fevereiro 2013
Lição 14
Sábado 02 Março 2013
Lição 15
Sábado 02 Março 2013
Lição 16   
Sábado 09 Março 2013
Lição 17
Sábado 09 Março 2013
Lição 18
Sábado 16 Março 2013
Lição 19   Video
Sábado 16 Março 2013
 Lição 20      Video
Sábado 23 Março 2013
Lição 21
Sábado 23 Março 2013
Lição 22
Sábado 30 Março 2013
Lição 23
Sábado 30 Março 2013
Lição 24 
Sábado 06 Abril 2013
Lição 25
Sábado 06 Abril 2013
Lição 26
Sábado 13 Abril 2013
Lição 27
Sábado 13 Abril 2013
Lição 28
Sábado 20 Abril 2013
Lição 29
Sábado 20 Abril 2013
Lição 30
Sábado 27 Abril 2013
Lição 31
Sábado 27 Abril 2013
Lição 32
Sábado 04 Maio 2013
Lição 33
Sábado 04 Maio 2013
Lição 34
Sábado 11 Maio 2013
Lição 35
Sábado 11 Maio 2013
Lição 36
Sábado 18 Maio 2013
Lição 37
Sábado 18 Maio 2013
Lição 38
Sábado 25 Maio 2013
Lição 40
Sábado 25 Maio 2013
Lição 42
   

 

 Videos sobre o Islam

  

Como alguém se torna Muçulmano?

 
Simplesmente proferindo:

"Testemunho que não há outra divindade além de Deus

e Testemunho que Muhammad é o Mensageiro de Deus".

Com esta declaração, o crente annuncia a sua fé em Deus, em todos os mensageiros de Deus e nas Escrituras que eles trouxeram.

 

    

 

Ex-pastor João de Deus (Ibrahim) se reverteu ao Islam

O que é Al  Islam ?  E quantos são os seus pilares?

Al Islam é: Entregar-se a Allah com o monoteísmo, submeter-se a Ele com obediência e inocentar-se da idolatria e dos idôlatras.

E seus pilares são cinco: o  Profeta Muhammad (S.A.S) citou-os em seu dizer: "O Islam foi edificado sobre cinco pilares: O testemunho de que não há divindade além de Allah e que Muhammad é Seu Mensageiro, o cumprimento da oração (Salah), o pagamento da doação (Zakah), o peregrinar à Casa (Kaabah em Mekah) e o jejum de Ramadan" (foi compilado por Al Bukhari e por Musslim).

Allah significa: "O Único Verdadeiro Deus"


O que é Al  Iman ?  E quantos são os seus pilares?

Al Iman é:  A crença do coração, o proferir da lingua e a ação dos orgãos, aumenta com a obediência e diminui com a desobediência. Disse Allah (Louvado seja o seu nome): "Para que aumentem crença junto com suas crenças" (Alcorão, 48:4), e disse o Mensageiro de Allah: "Al Iman (crença) é dividido em setenta e tantas partes, o seu nível mais alto é o dizer: "não há divindade além de Allah", e o mais baixo é o ato de retirar uma moléstia (obstáculo, pedra, ...) do caminho (das pessoas)  e a modéstia (a vergonha) é uma parte da crença" (Musslim). Confirma isto o que o muçulmano observa em si mesmo de atividade na obediência nas ocasiões de benfeitoria, e de indolência nessas ocasiões ao cometer os pecados. Disse Allah: "Em verdade, as boas ações apagam as más ações"

É são seis os pilares de Al Iman:  O Profeta (Salalahu Aleihi wa Salam) (S.A.S) os citou em seu dizer: "Creres em Allah, em Seus anjos, em Seus livros, em Seus mensageiros, no Derradeiro Dia (Juízo Final) e no pré-destino, o bom e o mal" (muttafaqun alaih). 

 

Quais as condições de aceitação da boa ação ?

 As suas condições são: 1º) A crença em Allah e a unificação d´Ele, pois não é aceita a ação de um idôlatra; 2º) A sinceridade, que almeje com a ação o agrado de Allah; 3º) Seguir o Profeta Muhammad que a paz e as bênções de Allah estejam com ele (sallalahu alaihi ua sallam) nessa ação, sendo de acordo com o que ele ensinou, pois Allah não é adorado senão do que Ele estabeleceu e revelou através do Seu Profeta. Se perder uma dessas condições a boa ação será negada. Disse Allah, louvado seja Seu nome: "E viemos ao que fizeram de ações e os fizemos pó disperso" Alcorão, 25:23.  


O que significa "La ilaha illallah"?

Quer dizer "Não há divindade além de Allah" e significa que ninguém além de Allah merece adoração, e a confirmação de que só Allah merece adoração.

 

 Allah está conosco?

Sim. Allah está conosco com Seu conhecimento, nos ouve, nos vê, com Sua proteção, Sua abrangência, Seu Poder, Seu decreto. No entanto, Sua Pessoa não se mistura às pessoas das criaturas, e nenhuma de suas criaturas o abrange e o assimile.

 

Allah é enxergado com a visão?

Allah não é visto na vida terrena. E os crentes verão a Allah na congregação no Dia do Juízo e no Paraíso. Disse Allah, louvado seja o Seu nome (subhanahu ua taála): "Faces, neste dia, estarão iluminadas, ao seu Senhor verão! (Alcorão, 75:22-23).

Qual o benefício de conhecer os nomes de Allah e Seus atributos?

 A primeira obrigação que Allah estabeleceu a suas criaturas é conhecê-Lo verdadeiramente. Disse Allah (subhanahu ua taála): "Pois, conheça que não há divindade além de Allah, e implore perdão por seu erro" (Alcorão, 47:19). Lembrar de Allah com a amplitude de misericódia decorre na esperança, e com a força do castigo decorre no medo, e com a unicidade na concessão da dádiva decorre no agradecimento. Então, o sentido da adoração com os nomes de Allah e Seus atributos é: a relaização do conhecimento através deles, o entendimento de seus significados e a prática deles.

  
     

Os Magnânimos Nomes de Allah

Entre os nomes de Allah e Seus atributos, há os nomes com os quais o servo é enaltecido ao qualificar-se com eles, como o conhecimento, a misericórdia e a justiça. E há os nomes com os quais o servo é repreendido a qualificar-se com eles, como a divindade, a ostentação e a supremacia. E há qualidades com os quais o servo é enaltecido e também ele é ordenado a qualificar-se com elas, como a servidão (adoração), a necessidade a Allah, a humiliação, o imlporar a Ele, e qualidades similares. Porém, é impossível a qualificação de Allah, o Senhor, com essas qualidades. E as criaturas mais queridas a Allah são as que se qualificaram com as qualidades que Ele ama, e as mais detestáveis para Allah são as que se qualificaram com as qualidades que Ele detesta.

Disse Allah o Altíssimo: "E de Allah são os nomes magnânimos, pois implore a Ele através deles" (Alcorão, 7:180). E narrado que o Mensageiro de Allah, que a paz de Allah e bênçãos estejam com ele, disse: "Allah possui noventa e  nove nomes, cem menos um, quem os abranger entrará no paraíso" (muttafaqun alaih). O significado de "os abranger" é:

1º) Abranger seus termos e suas quantidades;

 2º) Entender seus significados e o que eles indicam, crer nesses nomes e agir conforme eles. Assim, se dizer "O Sapientíssimo" entrega todos os seus assuntos a Allah, porque todos os assuntos estã oconforme Sua sapiência. E se dizer "O Santo" presencia o sentimento de que Allah é livre de todos os defeitos;

3º) Rogar e suplicar a Allah com eles. E a súplica   é de dois tipos: a) súplica  de elogio e adoração; b) súplica de pedido e imploração.


  




Nome de Deus
O seu Significado
Allah
(O Único Verdadeiro Deus)
O Provedor da divindade e o Único que merece ser adorado por todas as suas criaturas, a Ele se humilia e obedece, se inclina e se prostra e, a Ele são prestados todos os tipos de adoração. (1)
Arrahman
(O Clemente)
Nome que indica a abrangência de sua misericórdia, que abrange a toda a criação. E um nome exclusivo de Allah, que não pode ser atribuído a ninguém além d´Ele. (2)
Arrahim
(O Misericordioso)
Aquele que tem misericórdia e perdoa os crentes na vida terrena (Dunia) e na vida eterna (Ákhirah), guiou-os à adoração a Ele e os agraciará na Ákhirah com o Seu Paraíso.  (3)
Al Áfuu
( O Remissório)
Aquele que apaga os erros e os perdoa, não castiga por causa do erro mesmo se o servo mereça o castigo. (4)
Al Ghafur
(O Perdoador)
Aquele que encobre o erro do servo, não o desmascara e não o castiga por causa dele. (5)
Al Ghafar
(O Indulgente)
Nome que indica a demasia do perdão de Allah para o servo que peca e implora o Seu perdão. (6)
Arraúf
(O Compassívo)
Aquele que é compassívo e tem misericórdia em demasia e que  abrange a todas as criaturas nesta vida, e que é exclusiva a alguns na Vida Eterna, que são os crentes próximos de Allah. (7)
Al Halim
(O Tolerante)
Aquele que não apressa o castigo sobre Seus servos, mesmo tendo poder para fazê-lo, porém os tolera e os perdoa se eles implorarem o Seu perdão. (8)
Attawuab
(O que aceita o arrependimento)
Aquele que aceita o arrependimento, e guia a quem Lhe apraz para o arrependimento e o aceita. (9)
Assattir
(O Encobridor)
Aquele que encobre os erros de Seu servo e não o desmasca entre as Suas criaturas. E Lhe agrada que o Seu servo guarda a si mesmo e as criaturas e também guarda a sua vergonha. (10)
Al Ghaanii
(O Opulento)
Aquele que jamais necessita de alguém porque tem a absoluta perfeição e as qualidades perfeitas. E todas as criaturas necessitam d´Ele e são pobres de Sua dádiva e ajuda. (11)
Al Karim
(O Generoso)
Aquele que tem a beneficiência, dá de Suas mercês, dá o que quer a quem quer e como quer, com pedido e sem pedido. E tolera os pecados e encobre os defeitos. (12)
Al Akram
(O Generosíssimo)
Aquele cuja generosidade é absoluta e jamais pode ser assemelhada à generosidade de alguém, porque todo o bem é atribuído a Ele, recompensa aos crentes com Sua mercê e tolera os que O recusam e os julga com Sua justiça. (13)
Al Uahhab
(O Dadivador)
Aquele que dá em demasia, dá sem retorno, concede sem ganho, dadiva sem que Lhe seja pedido. (14)
Al Jauad
(O Generoso em Sua dádiva)
Aquele que muito concede e agracia as Suas criaturas. E os crentes têm a parte maior dessas dádivas. (15)
Al Uadud
(O Afetuoso)
Ama aqueles que são Seus aliados e próximos d´Ele e tem afeto para com eles agraciando-os com o perdão e as graças, está Contente com eles, aceita suas ações e estabelece o aceitamento para eles no mundo.  (16)
Al Mu´uti
(O que concede)
Dá a quem quer o que Ele quer de Seu reino. Os Seus aliados têm a maior parte desta dádiva, e Ele é Quem deu tudo a quem Ele criou e formou. (17)
Al Uassií
(O Munificiente)
É Munificiente em Suas qualidades, ninguém pode fazer o devido elogio a elas, Munificiente na grandiosidade e poder, no perdão e misericórdia, na dádiva e benfeitoria. (18)
Al Muhssin
(O Benfeitor)
Aquele que tem a absoluta benfeitoria em Si mesmo, em Seus nomes, atributos e ações. Bem fez o que criou e bem fez para as Suas criaturas. (19)
Arraziq
(O Provedor)
Aquele que sustenta todas as criaturas. Determinou todas as provisões de todas as criaturas antes de criá-las e garantiu completá-las mesmo depois de muito tempo. (20)
Arrazzaq
(O Sustentador)
Nome que indica a demasia de Seu sustento e dádivas para as Suas criaturas. Ele lhes concede antes de pedirem, porém, lhes concede mesmo quando O desobedecem. (21)
Allatíf
(O Sutilíssimo)
Aquele que é Conhecedor das sutilidades e detalhes de todas as coisas e nada se oculta a Ele. Faz chegar o bem aos Seus servos por meios ocultos, por onde eles jamais esperam. (22)
Al Khabir
(O Informado)
Aquele que conhece todas as coisas e, seu conhecimento abrange o que é oculto assim como abrange  o que é aparente. (23)
Al Fataah
(O Abridor)
Aquele que abre como lhe apraz os cofres de Seu reino, de misericórdia e de Seu sustento, conforme a Sua sabedoria e o Seu conhecimento. (24)
Al Áliim
(O Oniciente)
Aquele cujo conhecimento abrange os íntimos e os manifestos, o secreto e o público, o passado, o presente e o futuro, nada se oculta de Seu conhecimento. (25)
Al Barr
(O Bondoso)
Aquele que é Extenso em Sua benfeitoria para a Sua criação. Ele concede e ninguém pode enumerar as Suas dádivas. Ele cumpre a Sua promessa e, apóia e protega o Seu servo. Ele aceita o pouco que o Seu servo faz e o multiplica. (26)
Al Hakim
(O Sapientíssimo)
Aquele que põe as coisas em seu devido lugar, Seu controle não tem defeito nem deslize. (27)
Al Hakam
(O Juíz)
Aquele que julga entre suas criaturas com eqüidade, não injustiça a ninguém entre eles. E Ele revelou o Seu Nobre Livro para ser juiz entre as pessoas. (28)
Achakir
(O Retribuídor)
Aquele que elogia e enaltece quem O adora, recompensa a ação mesmo que seja pequena, retribui o agradecimento pelas dádivas com o aumento delas nessa vida e com a recompensa na Vida Eterna. (29)
Achakur
(O Agradecido)
Ele multiplica as poucas ações dos servos e recompensa por elas. O agradecimento de Allah ao servo é a Sua recompensa a ele pelo agradecimento e o aceitar a obediência dele. (30)
Al Jamil
(O Belo)
Ele é Belo em Si mesmo, em Seus nomes, atributos e ações, tem a beleza absoluta, e toda beleza em sua criação provém d´Ele. (31)
Al Majid
(O Glorioso)
Aquele que tem a exelência, a honra, o poder e a soberania nos céus e na terra. (32)
Al Ualii
(O Tutor)
Aquele que mantém todos os assuntos de Sua criação e mantém o controle de Seu reino, e é o apoiador e protetor de Seus aliados. (33)
Al Hamid
(O Louvado)
Aquele que é louvado por Seus nomes, qualidades e ações. Ele é louvado na facilidade e na dificuldade, na desgraça e no alívio, e Ele merece o louvor e o elogio em absoluto porque Ele é o Único qualificado com a perfeição. (34)
Al Maula
(O Protetor)
Ele é o Senhor, o Rei, Aquele que concede a vitória e o apoio aos próximos d´Ele. (35)
Annassir
(O Auxiliador)
Ele é Quem apoia com a Sua vitória a quem Lhe apraz, quem Ele apoiar ninguém o vencerá, e quem Ele humilhar ninguém poderá lhe salvar. (36)
Assamií
(O Oniouvinte)
Aquele que ouve absolutamente tudo, o secreto e o público, em todos os sons e idiomas minuciosamente e ao mesmo tempo. E Ele é Aquele que atende a quem lhe implora. (37)
Al Bassir
(O Onividente)
Aquele cuja visão abrange tudo o que existe no mundo visível e invisível, por mais que seja oculto ou aparente, de pequena ou grande proporção. (38)
Asshahid
(O Testemunador)
Aquele que observa as Suas criaturas, testemunhou para Si mesmo a unicidade e a justiça, testemunha a veracidade dos crentes se eles o unificarem, e também a veracidade de Seus anjos e Seus mensageiros. (39)
Arraquib
(O Observador)
Aquele que vê as Suas criaturas, enumera as saus ações, nada escapa a Ele, nem um piscar de olhos e nem um pensamento. (40)
Arrafiq
(O Terno)
Aquele que é demasiado Ameno em Suas ações, trata a Sua criação suavemente e gradativamente, não os estabelece aquilo que não podem cumprir e ama o homem que é terno. (41)
Al Quarib
(O Próximo)
Aquele que é Próximo de todas as Suas criaturas com Sua sapíência e poder, com Sua sutileza e apoio aos Seus servos crentes, contudo Ele não se mistura às criaturas. (42)
Al Mujib
(O Respondedor)
Aquele que atende ao pedido dos pedintes conforme o que determina o Seu conhecimento e Sua sapiência. (43)
Al Muqit
(O Provisor)
Ele é quem criou todas as provisões e sustentos. e Ele garantiu fazê-las chegar à criação. Ele custodia tudo isso as ações dos seres sem nenhuma falta. (44)
Al Hassib
(O Abastador)
Ele é o que basta os Seus servos tudo o que lhes preocupa dos assuntos de sua religião e de sua vida, e os crentes têm o maior parte desta garantia. E Ele os julga pelo que fizeram nesta vida. (45)
Faltam 54 nomes de Deus



 


 

 

Quran Sagrado

 

 

Ramadan, Ramadã ou Ramadão Para todos

Introdução: O Ramadão (português europeu) ou Ramadã (português brasileiro) , também grafado Ramadan (em árabe رَمَضَان) é o nono mês do calendário islâmico. É o mês durante o qual os muçulmanos praticam o seu jejum ritual (saum, صَوْم), o quarto dos cinco pilares do Islam.

É um mês sagrado, período de renovação da fé, da prática mais intensa da caridade, e vivência profunda da fraternidade e dos valores da vida familiar. Neste período pede-se ao crente maior proximidade dos valores sagrados, leitura mais assídua do Quran Sagrado, freqüência à mesquita, correção pessoal e autodomínio
...

 

 ver mais    

 

O Islam e Seus Princípios  

literalmente, a palavra Árabe “Islam ou Islão” significa “Entrega” ou “Submissão”. O Islam, enquanto fé significa entrega total e sincera a Deus, de modo que seja possível à pessoa viver em paz e tranquilidade. A paz (Salam em Árabe) é alcançada por meio de uma forte obediência aos mandamentos revelados por Deus, visto Deus ser o Justo, a Paz.  

ver mais    

O Sermão da Despedida

Após louvar e agradecer a Deus, o Profeta Muhammad, que a paz e as bênçãos de Deus esteja com ele, disse: “Ó Povo, preste atenção, porque eu não sei se estarei entre vocês novamente depois desse ano. Portanto, ouçam o que estou dizendo com muita atenção e levem essas palavras para aqueles que não puderam estar presentes aqui hoje. 

 ver mais 

    
    

    

 Conceitos Básicos do Quran Sagrado

IDOLATRIA

A palavra idolatria em árabe é "shirk" e significa "parceria/associação". E no Quran Sagrado, idolatrar tem o significado de associar a Deus qualquer outro ser, pessoa ou conceito, considerando-os iguais a Ele. Nas traduções do Quran Sagrado, idolatria também é citada como "associar um parceiro a Deus". Também expressa "ter ou adorar um outro deus, além de Deus" ...No sentido mais geral, idolatria significa tomar para si crenças diversas, julgamentos, estilos de vida e conceitos, diferentemente do que está prescrito no Quran Sagrado e conceber a vida baseada nestes conceitos.

ver mais

VERSICULOS DO ALCORAN SAGRADAO QUE FALAM

DE JESUS FILHO DE MARIA

QUE A PAZ DE DEUS ESTEJA COM ELE

Sem dúvida que Deus preferiu Adão, Noé, a família de Abraão e a de Imran, aos seus contemporâneos.

Nascimento de Maria filha de Imran (Mãe de Jesus)

Recorda-te de quando a mulher de Imran disse: Ó Senhor meu, é certo que consagrei a ti, integralmente, o fruto do meu ventre; aceita-o, porque és o Oniouvinte, o Sapientíssimo.

E quando concebeu, disse: Ó Senhor meu, concebi uma menina. Mas Deus bem sabia o que eu tinha concebido, e um macho não é o mesmo que uma fêmea. Eis que a chamo Maria; ponho-a, bem como à sua descendência, sob a Tua proteção, contra o maldito Satanás.

Seu Senhor a aceitou (Maria) benevolentemente e a educou esmeradamente, confiando-a a Zacarias. Cada ves que Zacarias a visitava, no oratório, encontrava-a provida de alimentos, e lhe perguntava: Ó Maria, de onde te vem isso? Ela respondia: De Deus!, porque Deus agracia imensuravelmente quem Lhe apraz.

Milagre do nascimento de João filho de Zacarias (Zacarias é o pai adotivo de Maria)

Então, Zacarias rogou ao seu Senhor, dizendo: Ó Senhor meu, concede-me uma ditosa descendência, porque és Exorável, por excelência.

Os anjos o chamaram, enquanto rezava no oratório, dizendo-lhe: Deus te anuncia o nascimento de João, que corroborará o Verbo de Deus, será nobre, casto e um dos profetas virtuosos.

Disse: Ó Senhor meu, como poderei ter um filho, se a velhice me alcançou e a minha mulher é estéril? Disse-lhe (o anjo): Assim será. Deus faz o que Lhe apraz.

Disse: Ó Senhor meu, dá-me um sinal. Asseverou-lhe (o anjo): Teu sinal consistirá em que não fales com ninguém durante três dias, a não ser por sinais. Recorda-te muito do teu Senhor e glorifica-O à noite e durante as horas da manhã.

Milagre do nascimento de Jesus filho de Maria

Recorda-te de quando os anjos disseram: Ó Maria, é certo que Deus te elegeu e te purificou, e te preferiu a todas as mulheres da humanidade!

Ó Maria, consagra-te ao Senhor! Prostra-te e genuflecte, com os genuflexos!

Estes são alguns relatos do incognoscível, que te revelamos (ó Mensageiro). Tu não estavas presente com eles (os judeus) quando, com setas, tiravam a sorte para decidir quem se encarregaria de Maria; tão pouco estava presente quando rivalizavam entre si.

E quando os anjos disseram: Ó Maria, por certo que Deus te anuncia o Seu Verbo, cujo nome será o Messias, Jesus, filho de Maria, nobre neste mundo e no outro, e que se contará entre os diletos de Deus.

Falará aos homens, ainda no berço, bem como na maturidade, e se contará entre os virtuosos.

(Maria) Perguntou: Ó Senhor meu, como poderei ter um filho, se mortal algum jamais me tocou? Disse-lhe o anjo: Assim será. Deus cria o que deseja, posto que quando decreta algo, diz: Seja! e é.

Jesus filho de Maria um Mensageiro de Deus

Ele lhe ensinará o Livro, a sabedoria, a Tora e o Evangelho.

E ele será um Mensageiro para os israelitas, (e lhes dirá): Apresento-vos um sinal do vosso Senhor: plasmarei de barro a figura de um pássaro, à qual darei vida, e a figura será um pássaro, com beneplácito de Deus, curarei o cego de nascença e o leproso; ressuscitarei os mortos, com a anuência de Deus, e vos revelarei o que consumis o que entesourais em vossas casas. Nisso há um sinal para vós, se sois fiéis.

(Eu vim) para confirmar-vos a Tora, que vos chegou antes de mim, e para liberar-vos de algo que vos está vedado. Eu vim com um sinal do vosso Senhor. Temei a Deus, pois, e obedecei-me.

Sabei que Deus é meu Senhor e vosso. Adorai-O, pois. Essa é a senda reta.

E quando Jesus lhes sentiu a incredulidade, disse: Quem serão os meus colaboradores na causa de Deus? Os discípulos disseram: Nós seremos os colaboradores, porque cremos em Deus; e testemunhamos que somos muçulmanos (submissos à vontade de Deus).

Ó Senhor nosso, cremos no que tens revelado e seguimos o Mensageiro; inscreve-nos, pois, entre os testemunhadores.

Fim da estadia de Jesus filho de Maria na terra

Porém, (os judeus) conspiraram (contra Jesus); e Deus, por Sua parte, planejou, porque é o melhor dos planejadores.

E quando Deus disse: Ó Jesus, por certo que porei termo à tua estada na terra; ascender-te-ei até Mim e salvar-te-ei dos incrédulos, fazendo prevalecer sobre eles os teus prosélitos, até ao Dia da Ressurreição. Então, a Mim será o vosso retorno e julgarei as questões pelas quais divergis.

A verdade emanada de Deus

Estes são os versículos que te ditamos (Ó Muhammad), acompanhados de prudente Mensagem.

O exemplo de Jesus, ante Deus, é idêntico ao de Adão, que Ele criou do pó, então lhe disse: Seja! e foi.

Esta é a verdade emanada do teu Senhor. Não sejas, pois, dos que (dela) duvidam.

Porém, àqueles que discutem contigo (Ó Muhammad) a respeito dele (de Jesus), depois de te haver chegado o conhecimento, dize-lhes: Vinde! Convoquemos os nossos filhos e os vossos filhos, e as nossas mulheres e as vossas mulheres, e nós mesmos; então, deprecaremos para que a maldição de Deus caia sobre os mentirosos.

Não há divindade além de Deus

Esta é a puríssima verdade: não há mais divindade além de Deus e Deus é o Poderoso, o Prudentíssimo.

 

 

 

 

Um convite para Conhecer o Islam

 

  

1ª Parte 2ª Parte
3ª Parte 4ª Parte

BEM-VINDO À ARÁBIA SAUDITA

 

Ao vivo da Mesquita Sagrada - Al-Haram A-Charif de Makka a Cidade Sagrada

 

 

 


 

 

 

 

Ao vivo da Mesquita Sagrada - Masjid-Nabawi -  da Cidade de Madina

 

 

 

 

 

 

 

 

Flag Counter

 

 

 

 

 

 

 © 2009-2016 - Centro Islâmico Cultural do Pará - contato: said@islam-norte-brasil.org  -  Cel. (55) 91-983097392